Os animais sempre foram de extrema importância para o homem ao longo da história. Existem relatos do século XVII sobre a importância dos animais na socialização e na mudança do comportamento do homem. No século XVIII, teorias sobre a influência positiva dos animais de estimação começaram também a ser aplicadas a doenças mentais. Nas décadas de 70 e 80, as pesquisas em torno desta relação intensificam-se até chegarmos ao termo que conhecemos atualmente “Atividades e Terapias Assistidas por Animais”.

beneficios_corrida

Um dos animais mais utilizados em Intervenções Assistidas por Animais é o cão. O objetivo da sua presença durante a sessão de terapia é tornar as pessoas mais cooperantes, sendo um estímulo multissensorial. A sua presença tem como finalidade torná-los mais cooperantes e, a médio prazo, que ocorra uma  generalização dos comportamentos gerados nas sessões à vida quotidiana.

Diversos estudos indicam a existência de benefícios desta relação, sendo que a presença do animal fomenta:

    • Expressão de emoçõesbeneficios_pata
    • Capacidade de comunicação
    • Interação social
    • Interesse
    • Aumento da concentração, memória e atenção
    • Melhoria do funcionamento cardiovascular e respiratório
    • Diminuição da libertação de hormonas negativas
    • Diminuição dos níveis de ansiedade e de tensão arterial
    • Alívio de sentimentos de medo, solidão e isolamento
    • Diminuição da perceção da dor e da ansiedade
    • Aumento do nível de endorfina
    • Estimulação táctil